Período de estiagem em Buritis é o maior desde 1993

0
380

 

As altas temperaturas incomodaram os buritisenses nos últimos meses, isto porque Buritis passou por um dos maiores períodos de estiagem desde o início da década de 90. 2019 foi o ano de uma estiagem prolongada no município, fenômeno que não acontecia desde o ano de 1993. As últimas chuvas que caíram por aqui, foram no mês de maio e só retornaram em meados de novembro.

Os dados exibidos nesta reportagem são provenientes de um levantamento diário feito pelo geógrafo Jailson Mantovani através de um pluviômetro, dispositivo utilizado para medir os milímetros de chuva que caem sobre Buritis.

O período de estiagem coloca em risco o plantio das lavouras no município que é o 3º maior produtor de grãos do estado e o atraso das chuvas atrasa também o plantio. Além disso, os rios que abastecem os moradores na região, têm uma diminuição considerável dos níveis de água.

Ainda bem discreta, a chuva começou a cair na região. Na madrugada do dia 18 de novembro, o pluviômetro marcou 16mm de chuva em Buritis.

Deixe uma resposta