Buritis sofre com a proliferação de pernilongos e com o descarte inadequado de lixo

0
451

 

Um dos grandes problemas de Buritis é o lixo. Andando pelas ruas da cidade é comum ver lixo descartado de forma inadequada em vários pontos, nas esquinas, lotes abandonados, nas calçadas, restos de materiais de construção, nas estradas vicinais. Esse acúmulo de lixo e o descarte inadequado fora dos dias e horários, traz consequências graves para toda a população: a proliferação e dispersão de insetos e pequenos animais, moscas, mosquitos, pernilongos, escorpiões e ratos, gerando um problema de possíveis epidemias que colocam em risco a saúde pública.

A Secretaria de Obras realiza um trabalho diário de recolha e descarte do lixo urbano para o aterro controlado, localizado a cerca de 5 km da cidade e também disponibiliza o disque denúncia, para denúncias de lotes abandonados que concentram lixo. O caminhão de lixo trabalha com duas equipes e passa em horários definidos, retirando o lixo não reciclável. Além disso, há o trabalho diário dos catadores, que recolhem todo o lixo reciclável produzidos por nós.

A reciclagem engloba materiais como vidro, plástico, papel e metal. A coleta e a separação desses dois tipos de lixo são ações fundamentais para que todo o restante do processo seja realizado, por isso, o mais indicado é fazermos esta separação do lixo que retiramos de nossas residências. Fique atento aos horários de recolha de lixo no seu bairro e lembre-se, domingos e feriados não há recolha de lixo na cidade.

Uma das consequências do descarte inadequado do lixo é o acúmulo de lixo na Vereda, localizada na parte baixa da cidade. Este córrego, que nasce em uma propriedade rural a poucos quilômetros do meio urbano, foi revitalizado em 2018 pelo governo municipal. Porém, ao chegar na cidade, este pequeno e histórico córrego, que é responsável pelo início da formação de Buritis ao longo dos anos, não consegue mais sobreviver e morre, tendo suas águas contaminadas pela grande concentração do lixo jogado nas ruas de Buritis.

O lixo jogado nas praças, meios- fios, calçadas e canteiros, é levado para a Vereda através das águas das chuvas. Lá estão concentrados grandes focos de pernilongos, que tomaram conta da cidade. Este é um dos problemas atuais de Buritis, um problema produzido pelos próprios moradores.

O período chuvoso se aproxima e com ele vem os perigos que o acúmulo e o descarte inadequado do lixo trazem. Doenças como a dengue, a leptospirose e a proliferação de escorpiões são uma realidade triste, que deve ser pensada e tomada atitudes sérias, principalmente por parte da população. A falta de consciência do ser humano e de atitudes simples de cuidados diários com o lixo que produzimos, pode trazer sérios danos à sociedade.

O governo municipal e o poder legislativo também podem pensar em realizar programas de coleta seletiva, de educação ambiental e outros meios como instalação de lixeiras, a fim de reeducar e mudar o falho comportamento da população.

Horário da recolha de lixo:

HORÁRIOS

        LOCALIDADES

Turno matutino

7h às 12h

Rua Belo Horizonte até o CTG / Av. Urucuia até Av. Central

7h às 12h

Bairros Planalto, Taboquinha e Jardim

Turno vespertino

13h às 18h

Saindo Ginásio E. Argemiro, bairros Canaã, Extrema e Israel Pinheiro

13h às 18h

Saindo da Av. Central, bairros Veredas e Planalto

FOTOS: Equipe TV Rio Preto – Buritis

Deixe uma resposta