Comissão de Buritis participa de reunião para criação da Região Metropolitana do DF

0
39

No dia 28 de março uma Comissão dos poderes executivo e legislativo municipal, participou de uma reunião no Senado Federal em Brasília, para tratar de um assunto importante, a criação da Região Metropolitana do Distrito Federal, através da Medida Provisória 862/2018, de autoria da Presidência da República.

Nesta Comissão estiveram presentes o prefeito de Buritis, Keny Soares, que atualmente está afastado do cargo por motivo de saúde, o prefeito em exercício, Rufino Clovis Folador e os vereadores, Camila Almeida, Geldo da Mariquita, Toizinho da Vila Serrana e Waninha da Prefeitura.

A Medida Provisória foi assinada pelo ex-presidente Michel Temer, e publicada em 4 de dezembro de 2018. Esta MP altera o Estatuto da Metrópole, previsto na lei 13.089 de 12 de janeiro de 2015, e inclui trinta e três cidades que fazem parte da RIDE (Região Integrada de Desenvolvimento Econômico), sendo vinte e nove municípios de Goiás e quatro municípios de Minas Gerais, Arinos, Buritis, Cabeceira Grande e Unaí. Na reunião, o Senador Rodrigo Pacheco sugeriu a inclusão do município de Paracatu na Região Metropolitana do DF.

A Região Metropolitana é uma Unidade Regional criada por meio de uma lei complementar e tem por objetivo, integrar, organizar, planejar e executar funções públicas, além de facilitar ações administrativas, no sentido da desburocratização, facilitando assim, o desenvolvimento da região.

Segundo Rufino Clovis, prefeito em exercício de Buritis, “a criação de uma Região Metropolitana no Distrito Federal é benéfica para o município em vários fatores e pontos essenciais, desde a assinatura de convênios que facilitem a entrada de recursos, na saúde para remoção e atendimento de paciente de Buritis para o DF e também nas obras, em infraestrutura de estradas e na educação”.

Ainda de acordo com o prefeito em exercício, “o Distrito Federal será beneficiado na questão da segurança de suas fronteiras e em ter na região econômica, municípios tão ricos no agronegócio e na produção de grãos, como é o caso de Buritis e Unaí.”

Uma próxima reunião será marcada com a presença dos governadores dos estados envolvidos e prefeitos dos municípios que fazem limite com o Distrito Federal, juntamente com a Comissão Mista que trata do assunto em questão.

A Medida Provisória precisa ser aprovada em Lei Complementar, após passar pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais e Goiás e pela Câmara Legislativa do Distrito Federal.

FOTOS: Prefeitura Municipal de Buritis e vereadora Waninha da Prefeitura.

 

Deixe uma resposta