ARINOS É PALCO DO PRIMEIRO CAMPEONATO DE TIRO TRÊS ARMAS DO NOROESTE MINEIRO

1
808

 

Um dia inteiro de olho no alvo, no maior clube de tiro esportivo do Noroeste Mineiro, o Clube Delta Bravo. Os participantes se encontraram na sede do clube, na rodovia MGC 479, km 243 em Arinos-MG, no último domingo (19) para participar da prova 3Gun (três armas).

Existem três categorias de tiro esportivo, que utilizam armas diferentes, e que se dividem em algumas provas: Pistola – pistola livre, sport (só para mulheres), pistola de ar e tiro rápido (só para homens). Carabina – três posições (armas diferentes para homens e mulheres), deitado (somente para homens) e carabina de ar. Tiro ao prato – skeet, fossa olímpica e fossa dublê. Nessa categoria, em todas as provas, há uma diferença no número de pratos para homens e mulheres. São dois os tipos de campos (normal e skeet) nos quais pode ser praticado o tiro esportivo. Em um dos campos, o normal, são necessárias várias cabinas de tiro, com uma área mínima de tiro de 15 m de comprimento e 20 m de largura. Já no campo de skeet, deve ser demarcado por um semicírculo, o ponto de onde os atletas irão atirar e o ponto da onde deverá partir os pratos. O Clube Delta Bravo conta com inúmeras parcerias com clubes, instrutores da região e de outros Estados, que vieram prestigiar esse marco histórico para o esporte da região.

Atualmente no Brasil, para esse tipo de competição não há premiação em dinheiro, por esse motivo os vencedores foram premiados com medalhas e brindes. O Tiro esportivo é uma modalidade olímpica e o Brasil teve a sua primeira medalha de ouro em 1920 com o atleta Guilherme Paraense.

O tiro esportivo é um esporte que requer precisão e velocidade em atirar com uma arma que pode ser tanto de fogo como de ar comprimido. Para praticar, é necessário o uso de óculos especiais, coletes com bolso para munição e protetores auriculares. A concentração e a precisão são essenciais. De acordo com Danúbio Baiano, presidente do Clube Delta Bravo, a prática do esporte é segura e familiar, e exige alguns requisitos básicos como, não ter antecedentes criminais e ser maior de 25 anos. Para se tornar um CAC (caçador, atirador e colecionador) é necessário passar por uma psicóloga credenciada pela Polícia Federal, não ter antecedentes criminais ou responder a algum inquérito policial e fazer o curso com instrutor credenciado pelo Exército Brasileiro e pela Polícia Federal.

Hoje no Brasil são em torno de 409 mil CACs, esperto que mais cresce no país.

Saiba mais

As primeiras competições de tiro esportivo aconteceram no século XIX na Suécia e logo a modalidade se espalhou pela Europa. Em 1814, na Grã-Bretanha, o coronel Peter Hawker publicou um livro contendo as primeiras regras para competições. A Federação Internacional de Tiro Esportivo (ISSF) foi criada nos Estados Unidos por volta de 1871 e hoje possui 154 países filiados. O Tiro se tornou esporte olímpico nas Olimpíadas de Atenas, em 1896. Os países de maior destaque no tiro esportivo são Suíça, Dinamarca, França, Noruega, Holanda e Estados Unidos. O atleta Felipe Wu foi o único representante brasileiro na disputa do tiro esportivo em Tóquio.

 

 

1 comment

Deixe uma resposta