Rancho Prime realizará Bolão de Team Roping e Team Penning em Buritis

0
125

Neste fim de semana Buritis recebe competições nas modalidades Team Roping e Team Penning. O evento de esportes equestres é organizado pelo dentista e criador de cavalos, Paulo Henrique Jacinto da Cunha, e acontecerá no Rancho Prime a partir das 14h, nos dias 30 e 31 de março.

O evento é aberto ao público, o estacionamento será cobrada taxa de R$ 5 por carro, as bebidas e comidas serão comercializadas no local. O Rancho Prime fica a três quilômetros da cidade, saída pela Avenida Frei Pio Baars, entre o Bola Café e o Bairro Taboquinha.

Sobre as modalidades do evento:

No sábado (30) acontecerá a competição do Team Roping a partir das 14h. As inscrições custam R$ 250 por competidor e serão feitas no local. Premiação em dinheiro para o primeiro, segundo e terceiro lugar. O quarto lugar será premiado com laço profissional.

No domingo (31) será a vez da competição no Team Penning, também a partir das 14h. As inscrições custam R$ 45 (o trio) e serão feitas no local. Premiação em dinheiro para o primeiro, segundo e terceiro lugar na prova.

Fique por dentro de cada modalidade.

Team Roping (ou Laço em Dupla):

A prova do Team Roping (ou Laço em Dupla) começa bem antes dos competidores irem para a Arena. O objetivo é laçar a cabeça e as patas do boi, de aproximadamente 200 kg, no menor tempo possível.

Team Roping / Imagem: Gilberto Valadares

As provas são realizadas em uma pista de areia de mais ou menos 90 metros de comprimento por 40 metros de largura. Os bois passam por um corredor estreito até chegarem ao brete.

O laçador que ocupa o lado esquerdo do brete é chamado cabeceiro, pois ele deve laçar a cabeça do novilho e o competidor do lado direito é o peseiro, pois tem que laçar as patas traseiras.

Os cavalos precisam ficar frente a frente antes da largada e nenhum animal pode sair antes do boi, caso contrário, a dupla é penalizada. Depois que a barreira é aberta, o boi sai em disparada. O cabeceiro é o primeiro a sair atrás do animal. Assim que o boi é laçado pelos chifres, o peseiro deve entrar em ação.

Se o cabeceiro “queimar” a largada, por exemplo, a dupla tem 10 segundos acrescentados ao tempo final. Já o peseiro, se laçar apenas uma das patas do boi, terá 5 segundos de penalidade. Os competidores precisam ser ágeis e bem treinados para serem campeões.

Assim que o boi é esticado, o juiz para o cronômetro, o boi é liberado e trota para o final da pista.

Team Penning:

O Team Penning é praticado por três pessoas, a competição exige concentração, entrosamento e habilidade dos participantes.

Team Pennig / Imagem: Google.com

Os competidores devem se dividir em equipes com três cavaleiros. Cada uma tem de 60 a 90 segundos para separar três bovinos numerados de um rebanho de 30, sendo 10 grupos de três bois numerados.

A partir do momento que a fotocélula sorteia o número dos bois e a boiada juntada ao fundo da arena, o locutor anuncia a pista liberada e, assim o trio sai à procura dos bois.

Os cavaleiros devem seguir as regras e levar somente os animais designados a eles. O tempo limite varia de prova e categoria, sendo que o máximo é de 120 segundos.

Quando o primeiro competidor do trio entrar no pequeno curral com os animais e levantar uma das mãos, o juiz para o cronômetro. Ganha quem fizer a prova em menos tempo.

 

 

 

Deixe uma resposta