Camila aguarda a compra de aparelho neuroestimulador pela Sec. Saúde do GDF

1
140

Camila Almeida tem 31 anos e sofre de uma dor neuropática devido a uma lesão no cotovelo que veio a ocasionar a doença. Ela precisa urgentemente de um aparelho neuroestimulador que amenize a dor provocada pela doença.

Há 3 meses internada no hospital de base em Brasília, Camila entrou com pedido na Defensoria Pública do DF para a compra do aparelho, porém , mesmo ganhando a causa, Camila ainda não recebeu o novo aparelho cuja a compra é de responsabilidade da Secretaria de Saúde do DF.

A doença de Camila não tem cura, e hoje enquanto ela aguarda a compra do neuroestimulador, ela é medicada com um forte coquetel de na tentativa de controlar suas crises diárias. O caso segue ainda sem solução e sem previsão por parte da Secretaria de Saúde, e Camila sofre com dores físicas que chegam a afetar o seu psicológico.

 

 

1 comment

Deixe uma resposta