Córrego histórico sofre com poluição

0
392

O Córrego Vereda localizado na parte baixa de Buritis, encontra-se totalmente poluído pela ação humana. Há todos os tipos de lixos espalhados pelo local. Isso trás consequências drásticas ao meio ambiente que afeta toda a população local.

Nas últimas semanas, uma proliferação de pernilongos afetou os moradores de Buritis e principalmente os moradores desta localidade nas proximidades da Praça Dom Elizeu. Esta proliferação é causada por uma série de fatores, climáticos e ambientais, dentre eles o ácumulo de lixo doméstico trazido pelas enxurradas das águas da última chuva.

É necessário a conscientização de toda a população para não deixar lixo nas ruas da cidade, e cuidar da recolha de seu lixo doméstico, para que não venha a ser carregado pelas enxurradas provindas das próximas chuvas e levados pela rede de águas pluviais, que são lançadas pelos sistemas urbanos de saneamento básico nas chamadas galerias de águas pluviais ás margens da Vereda.

Segundo a Gerência do Laticínio de Buritis, a empresa atualmente lança seus efluentes no córrego Vereda com todo o tratamento adequado e dentro das leis ambientais exigidas e fiscalizadas pelo órgão responsável (FEAM – MG), sem deixar qualquer resíduo ao final do tratamento, que possa vir a afetar ou poluir o meio ambiente.

Na manhã desta sexta-feira 03 de outubro, funcionários da Vigilância Sanitária receberam treinamento do Sr. Marcelo Paganella da EMBRAPA – DF, para utilizarem larvicida biológico nas águas da Vereda, afim de matar as larvas do pernilongo, este trabalho tem continuidade e monitoramento a cada 15 dias no local.

Deixe uma resposta